Sono reparador

Passa noites sem dormir?

Se é habitual passar noites em claro e está à procura de informações sobre como dormir melhor, então este artigo é para si.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 45% da população mundial sofre de insónia. Este fenómeno é considerado uma epidemia global que ameaça a qualidade de vida das pessoas, sendo que os dados revelam que a maior parte não sabe que sofre deste problema. De acordo com a OMS, a insónia é um problema de saúde que afeta muitos indivíduos. Dificuldade em adormecer, despertar precoce, sono leve, interrompido ou agitado são características do distúrbio. Também pode significar cansaço ao acordar durante, pelo menos, um mês. A insónia primária não é causada por um sintoma físico ou mental conhecido. As causas mais comuns são o álcool, a ansiedade, o café e o stress. Este distúrbio pode ocorrer de forma mais frequente durante a gravidez, menopausa e na terceira idade. Segundo os especialistas, quando é crónico, o problema pode conduzir a doenças cardíacas, depressão, diabetes tipo 2, transtorno de stresse pós-traumático e até suicídio.

Menos qualidade de vida

Durante o período de sono ocorre a síntese de diversas hormonas relacionadas como regulamento calórico. Quem dorme pouco corre maior risco de ficar obeso. Todos conhecemos os sintomas do “dia seguinte” associados a uma noite mal passada. As famosas olheiras resultam de uma dilatação dos vasos sanguíneos, chamada stress no tecido vascular. Os problemas capilares, como a queda, enfraquecimento ou cabelo ressequido pode ser resultado do stress provocado pela insónia. Quem dorme mal fica mais disposto ao contágio de alergias e constipações. Um mau descanso mental leva a um enfraquecimento imunitário físico e ficamos mais suscetíveis ao contágio de doenças.

Os problemas de sono aumentam a produção de cortisol, uma hormona ligada ao stress e à ansiedade no organismo. A pessoa com dificuldade em dormir acorda mais cansada e nervosa, e passa o dia ansiosa e com medo da próxima noite. Outro fator importante para evitar a insónia é a produção regular de melatonina através da glândula pineal. A melatonina é uma hormona natural produzida pelo cérebro durante a noite e que promove o sono. Geralmente, a produção de melatonina, diminui com o envelhecimento e é por isso que os distúrbios de sono são mais frequentes em adultos ou idosos. No entanto, a melatonina pode ser ingerida na forma de suplemento e deve ser receitada por um neurologista ou especialista em distúrbios do sono.

Complemente o tratamento

Prima o botão editar para De manhã ou ao lanche, faça um batido de leite de arroz com cereja. Estes alimentos são ricos em fitomelatonina, ajudando a regular a produção de melatonina. Outra opção é assar banana, polvilhar com aveia e canela. Melhora o relaxamento do corpo. Durante o dia, beba chá com propriedades calmantes (maracujá, tília, camomila, cidreira ou hipericão). Deve beber bastantes líquidos durante o dia, mas após as 21h00 ou duas horas antes de dormir reduza a ingestão. Evitará acordar à noite para urinar.

Procure deitar-se e levantar-se sempre à mesma hora e evite consumir alimentos estimulantes, como Coca-Cola e café, assim como fazer refeições indigestas à noite. Evite fazer exercício físico antes de dormir, pois o corpo precisa de estar relaxado nesse período. Recomenda-se que faça exercício três a quatro horas antes de se deitar. Aconselha-se tomar banho de água fria. A redução de temperatura corporal permite melhorar a irrigação sanguínea das células do corpo. Além disto, tomar um duche de água fria antes de meditar ou deitar, contribui para que a mente fique mais serena. Serve para combater a depressão e ativa as funções cerebrais.

Reiki: tratamento em 5 passos

Antes de mais, consulte um médico especialista. É necessário fazer um diagnóstico eficaz e perceber como está a funcionar o cérebro e as glândulas. Além do tratamento prescrito pelo médico, integre outras terapias. O Reiki é um forte aliado para dissipar a doença e respetivos sintomas.

1º. passo – Comece por colocar o símbolo Cho-Ku-Rei (direção anti-ponteiro do relógio) na Coroa e no Terceiro Olho para dissipar os excessos de energia nesses chakras.

2º. passo – Enquanto faz a Linha da Hara, trace – visualizando no Chakra Intuitivo – os símbolos Hon-Sha-Ze-Sho-Nen, Sei-Hei-Ki e Cho-Ku-Rei para libertar, purificar e colocar energia. Isto transformará pensamentos e emoções. Recomendo a utilização dos símbolos com Linha da Hara para libertar emoções, tratar a fonte do problema e libertar o karma.

3º. passo – Permaneça com as mãos no Terceiro Olho durante 4 minutos.

4º. passo – Coloque as mãos durante 2 minutos nas têmporas.

5º. passo – Por fim, mova as mãos para o Chakra do Coração. Conserve 2 a 3 minutos nessa posição.

Estes passos permitirão acalmar, diminuir a irritabilidade e normalizar a produção de hormonas que facilitarão o sono reparador. Se não tem formação em Reiki, procure um Mestre de Reiki experiente. Este tratamento deve seguir um procedimento diário de uma sessão, devendo continuar durante quatro semanas.

Sintomas da doença

  • Demorar mais de 30 minutos a adormecer;
  • Despertar durante a noite;
  • Despertar muito cedo;
  • Não se sentir descansado após uma noite de sono;
  • Cansaço ou sonolência diurna;
    Irritabilidade, depressão ou ansiedade;
  • Dificuldade em prestar atenção, concentrar-se em tarefas ou lembrar-se de alguma coisa importante;
  • Elevação da pressão arterial;
  • Dores de cabeça localizadas;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Preocupações contínuas com o sono.

Aqui pode aceder aos artigos escritos pelo autores Joel Reis e Nuno Cardoso, fundadores da Brighid Terapias Integrativas.
Direitos de autor protegidos pela lei internacional. Caso deseje copiar algum dos textos por favor indique este website. Em caso de descobrir textos deste site que tenham sido copiados, e não tenham a sua origem no final, faça o favor de nos contactar para o e-mail geral@brighid.pt

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.