Anemia: sinta melhorias

Ter anemia significa ter o sangue fraco. Isto acontece quando se perde sangue ou os glóbulos vermelhos (células que dão cor ao sangue) são destruídos mais depressa, do que a capacidade do corpo de produzi-los.

Os glóbulos vermelhos são destruídos na malária e na anemia falciforme. Uma alimentação pobre em alimentos ricos em ferro pode causar ou piorar a anemia. A maior parte das causas associadas à doença são a má alimentação, consumo de poucos alimentos ricos em ferro, hemorragia súbita ou gradual durante longos meses, falha na produção de células sanguíneas, doenças como leucemia, cancro, doenças do fígado, úlcera gástrica e outras. Também pode estar associada a parasitas intestinais (ancilóstoma e trichuris, bilharziose), feridas profundas, disenteria, menstruação, gravidezes repetidas e aborto. A anemia é muito frequente durante a gravidez e é perigosa para a mãe e para o bebé, sendo ainda frequente nos doentes com VIH, por vezes devido a infeções oportunistas.

“Uma alimentação pobre em alimentos ricos em ferro pode causar ou piorar a anemia.”

Sintomas:​

  • Cansaço;
  • Sono;
  • Palidez: na palma da mão, na parte interior das pálpebras, na língua, na parte interna dos lábios, unhas esbranquiçadas;
  • Fraqueza e cansaço;
  • Sensação de desmaio;
  • Perda de apetite;
    Tonturas;
  • Indisposição;
  • Dor de cabeça;
    Queda de cabelo;
  • Dor nas pernas;
  • Falhas de memória;
  • Dificuldades de concentração;
  • Se a anemia for muito grave, o rosto e as pernas podem ficar inchados, o batimento do coração acelera e a respiração fica mais rápida.

Tratamento com Reiki

Se tem prática, pelo menos, de Reiki nível 2 pode utilizar as suas ferramentas. Recomendo a utilização dos símbolos com Linha da Hara para libertar emoções, tratar a fonte do problema e libertar o karma. Nos chakras da coroa, terceiro olho, coração e umbigo. Faça todos os dias até sentir melhorias e receber resultados positivos do médico. Após isto, deverá fazer o procedimento de forma mais esporádica, reforçando o tratamento.

A ajuda da alimentação

A alimentação deve ser rica em ferro, pois este é um elemento essencial na fabricação da hemoglobina no sangue. Existem muitos alimentos que podem ajudar a combater a anemia já instalada ou a prevenir a sua ocorrência: carne (principalmente fígado), ostras, mexilhões, flocos de aveia, salsa, uvas, uvas passas, pão escuro, feijão preto, grão-de-bico, soja, espinafre, agrião, rúcula, cacau em pó, açaí, ameixa, figos, damasco e morango. Sempre que se consumir alimentos ricos em ferro, deve ser ingerida alguma fonte de vitamina C, pois contribuirá para a absorção do ferro no organismo. Bons exemplos de alimentos ricos em vitamina C são as frutas amarelas ou alaranjadas, como a laranja, tangerina, abacaxi, acerola, caju, maracujá e mamão. As bebidas alcoólicas, o café, o chocolate e a cerveja devem ser evitados, já que prejudicam a absorção de ferro pelo organismo. Além disso, os alimentos ricos em cálcio (leite e derivados) também diminuem a absorção do ferro e devem ser evitados.

Distúrbios emocionais

  • Atitude “sim, mas…”;
  • Falta de alegria;
  • Medo da vida;
  • Falta de circulação de ideias
    e autoconfiança.

Distúrbios emocionais

“Ideias novas e alegres circulam livremente dentro de mim. É seguro experienciar alegria em todas as áreas de minha vida. Amo a vida.”

Dicas

  • A carne vermelha deve ser consumida com moderação, apenas 2 a 3 vezes por semana, pois é rica em gordura saturada, podendo elevar o colesterol, e as carnes brancas devem ser consumidas até 2 vezes ao dia;
  • Pode ingerir sumo de beterraba (crua picada) com laranja (sumo). Coe e beba apenas o sumo com ou sem acréscimo de água;
  • Faça um sumo de couve com espinafre. A uma folha fresca de couve e a três folhas frescas de espinafre junte água mineral ou filtrada. Misture os ingredientes no liquidificador, bata e coe;
  • Consuma três vezes/dia sumo de abacaxi com melado e cana. Por outro lado, pode amassar quatro bananas com aveia e melado, e consumir durante a manhã;
  • Prepare um chá de artemísia (com folhas secas). Este chá não deve ser consumido por gestantes e lactantes. O chá de ervas pode ser preparado com um punhado de cada uma das ervas: alfafa, chapéu-de-couro, dente-de-leão, estévia e urtiga. Outro chá benéfico é o chá de agrião. Se tiver de adoçar os seus chás faça-os com um pouco de mel. O ideal é beber chá sem acrescentar algo doce;
  • Comer couve-galega, sementes de abóbora, brócolos, espinafres, agrião, salsa, tomate e pimento, abacaxi, amêndoas (seis unidades), banana (quatro por semana), uva passa, tâmaras, figos secos e ameixa seca;
  • Beber chá de dente-de-leão e ou pau d’arco (ou xarope);
  • Levedura de cerveja diluída em água (uma colher) ou polvilhada nos alimentos.
Facebook
Email
WhatsApp

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Identificação - Passo 1 de 5