Só há um tempo em que é fundamental despertar. Esse tempo é agora.

Libertação e limpeza Física e Emocional no Reiki

Texto escrito e publicado por Brighid (março, 2017)




Temos encontrado muitas pessoas com muitas dúvidas e receios para fazer terapias de Reiki. Quando tentamos compreender a origem desses receios apercebemo-nos que existe ainda muito preconceito com esta terapia. A falta de informação e auxílio por parte dos terapeutas e a falta de coragem e curiosidade dos pacientes levam à desmotivação e ao medo que os aprisionam. Não questionam nada. E assim não há transformação.


Ora, é necessário desmistificar e descobrir as vantagens que realmente o Reiki proporciona. Para que um cristal brilhe é preciso tirar a lama que o ofusca.


Antes de mais o Reiki não faz milagres só porque as pessoas experimentaram uma única vez. O Reiki ajuda-nos a compreender que nós somos o milagre da Criação, da Vida, e da importância da nossa existência neste Planeta.


O Reiki proporciona bem estar. Este bem estar só se consegue na totalidade quando o físico, o emocional estão equilibrados. Mas antes de alcançar este equilíbrio é necessário remover o que temos em excesso, aquilo que vamos acumulando desde criança, até mesmo do ventre da mãe e de outras vidas passadas (se existirem). A maior parte das vezes é necessário muito mais que três sessões de Reiki. Já alguém tentou viver numa casa que nunca foi limpa? Ou até mesmo viver numa casa com mofo, sujidade, pó? Ou que só é limpa uma vez por semana? (muito se acumula, não é?) O nosso corpo (físico, emocional e espiritual) também fica imundo. Tanto de alguns alimentos como de algumas energias. E torna-se desinteressante para nós mesmos. Portanto, é necessário purificá-lo, harmonizá-lo. Estar saudável por nós.


Quando recebemos uma energia nova, por exemplo através de Reiki, é normal que se note emoções mais ampliadas como raiva, irritação, nostalgia, tristeza, (choro), etc. Isto ocorre pela nova receção de energia que mexe com aquilo que está escondido. E o nosso corpo não está habituado. É uma fase de adaptação. Existem sentimentos tão aprisionados, que após recebermos Reiki, estes sentimentos são despertos (vêm à tona). É como se limpássemos uma pedra suja. Ou uma mesa da sala. Aparentemente está limpa, mas quando passamos um algodão branco humedecido, verificamos que a mesa continha muito pó. Nos nossos chakras acontece algo muito idêntico. Portanto as mudanças são sempre para melhor. Existe uma libertação enorme. E a doença pode ser evitada.


Após uma sessão de Reiki os pacientes podem sentir algo desconfortável. Isto acontece tanto nos pacientes como nos estudantes após receberem uma sessão ou iniciação. Nós próprios já passamos pelo mesmo. E hoje, dizemos que vale mesmo apena.


É normal que um paciente sinta alguns sintomas, como vómitos, náuseas, diarreia, raiva, etc. Quando lemos isto, parece que o Reiki em vez de nos beneficiar ainda nos prejudica. Bem, isto ocorre porque o nosso organismo precisa de expelir tudo o que é desnecessário, por exemplo, as toxinas.



Sintomas que podem ocorrer após uma sessão ou iniciação no Reiki

Aumento de sudação – É através do suor que o nosso corpo consegue eliminar toxinas.


Aumento de urina – A urina é outra forma de expelir as toxinas.


Maior número de Evacuações – É uma forma de eliminarmos toxinas.


Erupções cutâneas – É outro meio de fuga, erupções na pele, feridas na boca e acne.


Vómitos – Este é o caso menos comum, mas pode ocorrer. É uma forma mais agressiva de expelir toxinas e até mesmo bactérias. Acontece quando o corpo está demasiado descuidado com os excessos.


Sintomas de resfriado ou gripe – É a forma que o nosso organismo tem para remover toxinas do nosso sistema respiratório (aumento de muco, dores de garganta, etc.)


Dores de cabeça – A eliminação de toxinas pode causar dores de cabeça. Se não passar com paracetamol ou outra sessão de Reiki, relaxe, e confie no seu organismo.


Febre – A febre é forma de queimar toxinas.



Nota: Se está a ter alguns destes sintomas aconselhe-se com o seu terapeuta de Reiki. Se não tinha nenhum destes sintomas antes de uma sessão ou iniciação, não se preocupe, é apenas momentâneo. Trata-se de uma ação (re)ativada pelo nosso organismo para remover os excessos.



Sintomas emocionais após uma sessão ou iniciação

Para que possamos receber nova energia do Universo, para atrair novos caminhos na saúde, no trabalho e no amor, é necessário limpar os nossos canais de energia. Num processo de cura holística isso é possível, como é o caso do Reiki que trata do físico, das emoções e do espírito. Numa sessão de Reiki consegue-se eliminar o que temos de acumulado no nosso ser, como é o caso das emoções reprimidas, dos karmas, das toxinas e até mesmo bactérias. Tudo é possível.



Raiva/Ira – A raiva que acumula-se no fígado. A raiva que não expressamos corretamente e que a acumulamos pode ser libertada após receber Reiki. Pense em ser bondoso, pode estar a usar alguém como saco de pancada com aquilo que sente interiormente.


Tristeza – A tristeza acumula-se nos pulmões. Se nós acumulamos muita dor pode ser ainda mais desperta numa cura de Reiki. Tente entender de onde vem essa tristeza. Pode ser de momentos passados ou de outras vidas. Assim consegue resolver o processo de cura. Após isto, envie amor para o passado.


Medo – o medo é acumulado nos rins. Após receber Reiki pode manifestar-se problemas nos rins. Não porque o Reiki lhe fez mal. Mas porque havia muitos medos acumulados. Mais tarde ou mais cedo iria também sofrer mas de uma forma mais agressiva. Este é o momento de confiar em si, sentir segurança. Coragem!


Ódio – O ódio acumula-se no coração. Após alguns dias após uma sessão de Reiki podemos manifestar ódio contra outras pessoas ou situações. Seria adequado descobrir a origem desse ódio. Podemos lembrar quando sofremos desrespeito ou afeição por pessoas próximas a nós. Ou se eles nos magoaram de alguma forma, etc. É o momento ideal para resolver situações de conflito que temos com os nossos amados mais próximos.


Ansiedade – É a preocupação e a ansiedade que se acumulam no estômago. É a freima do dia a dia. Durante o dia e durante o processo de cura (da última sessão) pode manifestar algumas manifestações acumuladas no estômago. Tente descobrir o que lhe anseia ou o preocupa. Viva no aqui e no agora. Foque apenas as suas energias no momento. Não as desperdice para o futuro.



Lembro sempre, o Reiki é uma terapia complementar, pelo que nunca deverá deixar de parte consultar um médico profissional.

“Com motivação, até a flor mais murcha do campo vira rosa.” Raphael Carmo